Skip to content

Cartão True Name da Mastercard para clientes transgêneros

 
 

“True Name – A Mastercard uma das maiores emissoras de cartões de crédito e débito vai começar a permitindo que clientes transgêneros e não binários usem o nome que desejar em cartões que são titulares, ou seja, poderão escolher o nome que quiserem no relevo do plástico sem exigir uma alteração de nome legal…”

Cartão True Name da Mastercard

 
 

Como o “Novo Cartão True Name” os clientes com opções diferentes poderão usar o nome preferido na frente de seu cartão sem exigir uma alteração de nome legal ou um comprovante de identidade adicional como um RG ou CNH para provarem que são os titulares.

Cartão True Name da Mastercard

Para o departamento de inclusão da Mastercard, a identidade é um aspecto integral de nós mesmos, e nossos nomes verdadeiros devem ser celebrados e valorizados.

E a Mastercard sabendo que algo tão simples quanto ter o nome com o qual você se identifica em um cartão pode ser uma jornada muito emocional, baseado nisto, o cartão True Name tem o objetivo de refletir da forma mais fácil o que é o dono do cartão.

 
 

Atualmente quase um terço das pessoas cujos identidades listam nomes ou gêneros que não correspondem ao relatório de identidade de gênero convencional apresentam experiências negativas, incluindo a negação de serviço e até assédio moral. Tal discriminação a essa classe foi levada aos emissores de cartões de crédito e mecanismos de pagamento.

Para muitos na comunidade LGBTQIA +, o nome legal em seu cartão de crédito, débito ou cartão pré-pago não reflete sua verdadeira identidade.

Como resultado, para a comunidade transgênero e não-binária, os cartões convencionais podem servir como uma fonte de sensibilidade, deturpando sua verdadeira identidade quando fazem compras na vida cotidiana.

A atual é que a Mastercard não exige que os comerciantes validem os nomes dos portadores de cartões, além disso, a empresa diz que o nome em um cartão não ajuda a manter uma transação segura. Já esta funcionando em bancos da rede Mastercard e breve deverá ser implementado iniciando com a campanha True Name.

A Mastercard ouviu a necessidade de privacidade e autenticidade dos transgêneros e dos não-binários e criou uma ferramenta poderosa para melhorar suas vidas.

Produtos financeiros para a comunidade LGBTQ

Com essa abertura no mercado, outras empresas devem fazer o mesmo, trabalhando com membros da comunidade LGBTQ para criar produtos financeiros que reflitam suas verdadeiras identidades.

A iniciativa da Mastercard surge em meio a uma pressão crescente pelos direitos dos transgêneros, e também com a legislação que proíbe a discriminação em setores como moradia e crédito com base na orientação sexual e identidade de gênero.

 
 

A forma como os bancos reagirão ao produto e se os concorrentes oferecerão recursos semelhantes ainda não foi percebida. Os credores são fortemente regulamentados pelo governo federal, e os nomes estão entre os pontos de dados necessários para abrir uma conta corrente, verificar identidades e rastrear o fluxo de caixa de acordo com as leis criadas para impedir a lavagem de dinheiro e o terrorismo.

Como mudar o nome no cartão de crédito e débito?

Enquanto alguns credores estão permitindo variações entre o nome usado para abrir uma conta e o que aparece no próprio cartão – ainda não se vê apelidos sendo comumente permitidos, por exemplo – os bancos geralmente precisam de um documento com foto, com nome legal, para fazer financiamento, empréstimo pessoal e aprovação de cartão de crédito.

Essa novidade ainda não aportou no Brasil, infelizmente as novidades financeiras demoram um pouco para serem providas ao público consumidor de crédito no sul da América.

Mais assuntos do seu interesse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *