Skip to content

Principal diferença entre empréstimo e financiamento

 
 

“Empréstimo e financiamento são dois tipos de negociação que podem ajudar quem está precisando. Seja para objetivos pessoais ou para sua empresa, este investimento pode ser necessário para que se consiga realizar objetivos e fazer seu negócio e sua vida melhorarem.”

 
 

Existem algumas diferenças básicas entre essas duas operações que são importantes conhecer antes de procurar realizar qualquer uma delas. Não existe muita diferença entre empréstimo e financiamento, mas é importante saber quais elas são para não se confundir na hora de solicitar os benefícios.

empréstimo e financiamento

Entenda como funcionam estas duas operações, as diferenças entre elas e compreenda como pode realizar o melhor para você. É mais fácil do que você imagina!

Financiamentos: Como eles funcionam?

Antes de saber quais as diferenças entre financiamento e empréstimo, é necessário compreender exatamente como essas duas operações ocorrem. Isto ajudará na hora de decidir qual a melhor operação para você.

 
 

O financiamento é uma transação onde você recebe um valor para adquirir um bem. Em geral, uma instituição financeira como bancos e empresas especializadas neste tipo de transação, fornecem recursos para o beneficiário empreender. Nesta negociação, se sabe exatamente onde o dinheiro irá ser gasto.

O benefício pode ser obtido tanto por pessoa jurídica quanto física. Isto significa que se pode tanto realizar um investimento para uma empresa, para compra de maquinários, expandir o negócio, entre outros.

Quanto para financiar projetos pessoais como um carro ou imóvel. É possível conseguir financiamento através do governo federal por agências como o Finep e o BNDES. Também existem financiamentos para pesquisas acadêmicas ou de fomento tecnológico.

Cada local tem suas próprias exigências quando se trata de financiar alguma empresa, ideia ou projeto pessoal. É preciso que você saiba que as financeiras podem ou não cobrar juros do crédito que oferecem.

Olha Isso:  Autoatendimento vs. Agente de Atendimento - Qual o melhor?

Tudo isto já está previamente acordado no contrato realizado na hora do financiamento. Preste atenção no documento para que não tenha problemas no futuro.

Empréstimo pessoais: Como ele funcionam

Para pedir dinheiro emprestado tudo deve começar sabendo como os empréstimos pessoais funcionam.

Ao contrário de cartões de crédito que cobram taxas de juros variáveis ou rotativas e vêm com pagamentos flutuantes que variam dependendo de quanto você gasta, os empréstimos pessoais permitem que você empreste uma quantia predeterminada de dinheiro com uma taxa de juros fixa e um período de reembolso também fixo.

  • Ao contrário dos cartões de crédito, os empréstimos pessoais oferecem uma taxa de juros fixa, prazo de pagamento fixo e pagamento mensal fixo.
  • Empréstimos pessoais podem ser usados ​​para consolidar dívidas ou realizar grandes projetos pessoais ou comerciais.
  • A maioria dos empréstimos pessoais são inseguros, o que significa que você não precisa depositar uma garantia para pedir dinheiro emprestado, oferecer algum bem ou ativo para o credor.
  • É possível conseguir empréstimo com restrição, mesmo estando negativado ou pegar um empréstimo sem consulta ao SPC ou Serasa.

Ao contratar um empréstimo pessoal ele pode vir com uma baixa taxa de juros alta ou baixa, dependendo da sua pontuação de crédito ou perfil de consumidor. Os juros do empréstimo pessoal variam de 1.50% a 24% dependendo da modalidade solicitada.

O empréstimo é uma transação financeira feita por contrato onde uma das partes recebe recursos para utilizar da maneira que achar melhor devendo restituir o valor a entidade credora.

Para quem serve o empréstimo pessoal ou financiamento?

O empréstimo, assim como o financiamento, também pode ser realizado tanto por pessoas jurídicas quanto pessoas físicas. É possível conseguir empréstimos em bancos, entidades governamentais como o BNDES, empresas especializadas neste tipo de investimento, além de fundações e outras instituições financeiras.

Olha Isso:  Empréstimo com Cheque como funciona e onde encontrar

Hoje ainda existe a possibilidade de usar a tecnologia para conseguir este investimento. O interessado pode baixar plataformas ou entrar em sites onde é possível realizar o empréstimo peer-to-peer.

Neste tipo de empréstimo não há mediação com o banco nem outro tipo de financiadora. Isto tem atraído cada vez mais gente e é uma boa oportunidade de conseguir apoio financeiro.

Qual a diferença entre empréstimo pessoal e financiamento?

Mas afinal, qual a principal diferença entre empréstimo e financiamento? Como posso saber qual delas é a melhor para minha empresa ou para o meu perfil? As diferenças são pequenas, mas são elas que dirão qual delas é a certa para cada caso.

A principal diferença entre os muitos tipos de empréstimos e financiamentos é que no financiamento o dinheiro tem um objetivo estipulado e você não pode utilizá-lo de outra maneira. No empréstimo você utiliza do dinheiro como quiser. O empréstimo não é vinculado com a compra de bens como no financiamento.

Outro ponto que você deve saber é que, geralmente, o empréstimo, por não ter garantias, pode ter uma taxa de juros maior que o financiamento. A papelada ou a burocracia para solicitar o empréstimo é outra diferença que pesa na hora de escolher entre um e outro. O financiamento é um pouco mais complicado para ser solicitado do que o empréstimo.

No financiamento, a maioria dos bancos exige Balanço Patrimonial e DRE dos últimos três anos orçamentos, o projeto relativo à sua solicitação e a empresa de quem você comprará o bem que deseja financiar. Depois, a financeira irá avaliar se concede ou não o financiamento.

No empréstimo, basta o banco realizar uma análise de crédito de sua empresa e definir o valor que pode conceder para o solicitante. Cada caso é um caso. Descubra qual a melhor opção de benefício para sua empresa e aumente suas chances de sucesso!