Skip to content

Opções de empréstimos e crédito pessoal disponíveis

“Quais as opções de empréstimo e crédito pessoal disponíveis? Quando decidimos pegar um empréstimo as vezes fica meio confuso escolher uma boa empresa ou a melhor opção de empréstimo para nós.”

 
 

A principio saber qual o tipo de crédito ou empréstimo você esta qualificado para solicitar e ter maiores chances de ser aprovado, elimina uma série de dores de cabeça e perda de tempo.

Atualmente, existe modalidades de crédito que aceitam garantias financeiras, como a entrega de veículo ou imóvel, esses tipos de empréstimos são uma das maneiras de reduzir drasticamente as taxas de juros.

opções de empréstimos e crédito pessoal

O problema do empréstimo com garantia é que se a pessoa atrasar o pagamento mensal das parcelas acordadas em contrato, ela pode perder o bem em poucos meses e ainda vai ficar devendo, com possibilidade de ficar com o nome sujo e com restrições no Serasa e SPC.

 
 

Outra maneira de obter condições satisfatórias, ter uma taxa de juros baixa e que não represente um maior nível de risco para a instituição financeira, é a consignação em folha de pagamento.

Leia também:
Tenho nome limpo e não consigo financiamento: O que eu faço?
Encontre empresas de empréstimo perto de mim agora!
Agibank empréstimo pessoal é confiável. Confira taxas e simulador!

Um aposentado, pensionista ou funcionário público, por exemplo, oferece um risco muito pequeno para bancos e financeiras ao contratar um empréstimo, por não ficarem desempregados ou perderem a renda mensal, o consignado se tornou uma excelente forma de conseguir dinheiro emprestado.

A taxa de juros para empréstimos garantidos é menor no crédito consignado e garantia de imóvel.

Para não ficar nenhuma dúvida, vamos conhecer alguns dos tipos de crédito pessoal disponíveis e quais os prós e contras de cada modalidade.

Opção de empréstimo pessoal

O empréstimo pessoal é a forma mais comum dos cidadãos obterem dinheiro de uma instituição financeira, bancos, cooperativa, fintech de crédito ou empresas de empréstimos. O custo para ter acesso os recursos financeiros é o pagamento de uma taxa de juros acrescentada ao valor principal para junto com às parcelas mensais.

Nessa opção de crédito, o mutuário ou contratante não necessita oferecer nenhum garantia ou bem para obter o empréstimo. O pagamento é feito com a emissão de boletos, carnês ou direto no débito automático.

 
 

Normalmente serve para pessoas físicas, e as modalidades são: empréstimo bancário, cheque especial com limite de crédito, empréstimo pré-aprovado, além dessas opções de empréstimos pré-aprovadas nos banco, é possível também obter empréstimo sem consulta ou com restrição e também empréstimo com agiotas.

Claro que algumas opções como o empréstimo com agiota é predatório e não aconselhamos, os demais, é importante pesquisar antes de fechar o contrato.

Opção de empréstimo consignado

O empréstimo consignado foi criado a mais de 13 anos, essa modalidade só cresceu de lá para cá. No consignado as parcelas mensais são descontadas diretamente no salário, renda, benefício, pensão ou soldo quando militares, ou seja, é descontado automaticamente na folha de pagamento do contratante.

O risco de crédito no consignado é baixo para a instituição financeira, a garantia de pagamento ajuda na diminuição da taxa de juros.

O consignado não é para qualquer pessoa solicitar, somente aposentados e pensionistas do INSS, servidores públicos e trabalhadores do setor privado com empresas credenciadas aos bancos e financeiras podem pedir o empréstimo, contudo, é preciso ficar atento à alguns detalhes.

  • A taxa de juros no crédito consignado é baixa porque a renda do mutuário garante que será pago.
  • No consignado feito por trabalhadores do setor privado, a empresa do solicitante deve possuir convênio com algum instituição financeira. Com a concorrência entre bancos e fintechs crescendo já existem muitas empresas com esse tipo de benefício.
  • A concessão do crédito consignado depende de quanto a renda do solicitante está comprometida, ou seja, quanto de margem consignável ainda está disponível. O limite da margem é de 3o%, no INSS mais 5% para o cartão. Quem ganha R$ 1 mil reais, por exemplo, pode pegar até R$ 300 reais de parcelas mensais.

Opção de empréstimo com antecipação de 13º salário

Quem possui conta corrente em banco, recebe salário nela e tem movimentação, normalmente pode solicitar um antecipação de 13º salário, se a necessidade de recursos financeiros é imprescindível e não tem outra forma de obtenção de dinheiro emprestado, essa é uma boa opção emergencial.

Ao pedir a antecipação do 13º salário, o banco libera a quantia solicitada baseada nos valores que provavelmente vai receber, da mesma forma que outros empréstimo, o banco aplica uma taxa de juros, impostos e tarifas sobre o valor principal e divide em parcelas mensais o valor total.

 
 

Para realizar essa operação precisa ter conta bancária e receber o salário nela, o valor é descontado automaticamente na época certa para quitar a dívida contraída.

Opção de empréstimo com antecipação do Imposto de Renda

Todos os anos é preciso fazer as declarações de Imposto de Renda Pessoa Física entre os meses de Março e Abril, ao declarar pode haver restituição, e quem opta em receber na conta corrente do banco, normalmente pode solicitar um empréstimo a instituição baseado no valor que será restituído pela Receita Federal.

Da mesma forma como a antecipação do décimo terceiro, a antecipação do Imposto de Rende pode ser útil em uma urgência financeira, basta pedir ao banco que a transação é liberada imediatamente. Contudo, o ideal é comparar com outras instituições quais as taxas de juros aplicadas para obter um negócio mais vantajoso e com menos custos.

opção de empréstimo com garantia

Crédito com garantia de imóvel ou veículo

Nos últimos anos, quem possui um imóvel ou veículo pode oferecê-lo como garantia as instituições para pedir um empréstimo pessoal facilitado.

A taxa de juros aplicada nesse tipo de empréstimo, é a mais baixa do mercado, em média começa com 1.19%, pode variar de acordo com o credor, mas apesar de ser um empréstimo barato e fácil de ter a aprovação, além do prazo longo para pagar, se o mutuário deixar de pagar as parcelas mensais, o credor pode tomar o bem para quitar a dívida.

Bom, o que não falta são opções e possibilidade de se contratar crédito pessoal e empréstimos, no entanto, tente sempre levar em consideração os prós e contras de cada tipo de modalidade, seja com ou sem garantia, com ou sem restrição.

Também não se esqueça que manter as finanças em ordem, nunca comprometa mais de 30% da sua renda, salário ou benefício do INSS com compromissos financeiros, inclusive com empréstimos!