Skip to content

O que determina as taxas de empréstimo pessoal?

 
 

“O que determina as taxas de empréstimo pessoalExistem vários fatores que determinam os juros de um empréstimo pessoal. Estes são os mais comuns. Confira!”

 
 

Pegar crédito poder vir em muitas formas, podemos incluir de imediato os cartões de crédito, os empréstimos para automóveis, os financiamentos de compras de bens de longo prazo, os empréstimos pessoais online, com agiotas, penhora de bens e jóias e o famoso empréstimo sem consulta ao Serasa e SPC.

 taxas de empréstimo pessoal

Cada tipo de crédito atende a uma determinada finalidade para uma meta que você pode ter, seja comprar uma casa ou um carro ou permitir que você divida uma grande despesa em pagamentos mensais mais gerenciáveis, o fator comum em todos eles é o juros ou taxa de juros.

Mas como que o credor, banco ou financeira aplica o juros ao empréstimo?

  • O credor: A maioria das instituições e credores online tem uma política de crédito para taxas de juros que aplicaram aos empréstimos cedidos aos tomadores.
  • Pontuação de crédito: A maioria dos credores usa a pontuação de crédito e histórico de restrições junto ao Serasa, SPC e SCPC, e agora, o Cadastro Positivo para facilitar o acesso ao crédito com taxas de juros mais baixas.
  • Renda: Uma renda maior vai te dar um montante maior de empréstimo. Uma menor taxa de dívida/rendimento pode resultar numa taxa de juros mais baixa.
  • Emprego: Um histórico de emprego estável pode resultar em condições de empréstimo mais favoráveis.
  • Educação: Alguns credores concedem aos mutuários com diplomas universitários termos e condições diferenciadas.
 
 

Leia também esses artigos relacionados:

Olha Isso:  Onde contratar empréstimo pessoal sem burocracia

As taxas de empréstimo pessoal são fixas ou variáveis?

A maioria das operações de crédito utilizam as taxas com juros fixos.

Existem duas estruturas de taxa básica de juros para empréstimos – taxa fixa e taxa variável.

  • Taxa Fixa: Com um empréstimo de taxa fixa, sua taxa de juros permanece a mesma durante todo o prazo do empréstimo.
  • Taxa Variável: com esse tipo de taxa de juros, a parcela do empréstimo pode mudar periodicamente, mensal ou uma vez por ano.

Muitos dos principais credores pessoais nem sequer oferecem empréstimos a taxas variáveis, embora poucos o façam. Um empréstimo pessoal de taxa fixa é a melhor escolha para a maioria dos mutuários.

As taxas de juros no mercado são mais altas quando há mais risco para o credor ao fornecer o dinheiro ao mutuário.

Quando devo obter um empréstimo pessoal?

Existem centenas de situações em que um empréstimo pessoal pode fazer sentido. Aqui estão alguns dos mais comuns:

  • Consolidação de dívidas com juros altos: Mutuários com históricos de crédito sólidos geralmente podem obter taxas de juros mais baixas com empréstimos pessoais. Ao usar um empréstimo pessoal para pagar a dívida de cartão de crédito, você pode economizar muito dinheiro, por exemplo.
  • Financiamento de grandes compras: reforma da casa e outras grandes despesas são mais fáceis de pagar sem assumir dívidas com cartão de crédito com juros altos.
  • Obter dinheiro para iniciar um negócio: Pode ser difícil para novos empreendedores criar novas empresas e encontrar financiamento facilitado. Embora possa haver melhores opções de empréstimo comerciais depois de ter se estabelecido o negócio, um empréstimo pessoal pode ajudar quem deseja começar.
  • Quando as taxas de empréstimo compensam de acordo com o motivo ou objetivo da solicitação.
Olha Isso:  Tipos de financiamento e crédito para pequenas e médias empresas

Como os empréstimos pessoais afetam seu crédito

Inicialmente, um empréstimo pessoal pode fazer com que a sua pontuação de crédito caia, embora qualquer mudança provavelmente seja leve.

 
 

No entanto, no longo prazo, fazer os pagamentos dos empréstimos pessoais pontualmente pode dar um grande impulso à sua pontuação de crédito e deixá-lo numa posição privilegiada no Cadastro Positivo.

Se você usar o empréstimo pessoal para saldar a dívida do cartão de crédito, isso pode lhe dar uma grana extra, já que a dívida das prestações é geralmente melhor do que a dívida rotativa na fórmula dos juros.

Como se cadastrar para pegar um empréstimo pessoal

Sempre que você pedir a um credor por algum tipo de crédito ou empréstimo, você terá que passar pelo processo de solicitação ou cadastro.

No entanto, antes de enviar um pedido de empréstimo pessoal, é importante revisar seu histórico de crédito e sua pontuação, para que você entenda o que os credores podem ver quando consultarem suas restrições de crédito no Serasa Experian, SPC Brasil e Boa Vista.

Lembre-se, ao verificar o seu próprio histórico de crédito, isso nunca ira afetar sua pontuação, somente quando há inúmeras consultas comerciais, isso sim pode te prejudicar.

Depois de revisar seu crédito e talvez tomar as medidas necessárias com base no que apareceu na consulta, você pode solicitar um empréstimo pessoal baseado na sua condição em qualquer instituição financeira, seja ela, um banco, uma cooperativa de crédito ou uma empresa de empréstimo online.