Skip to content

O que é Crowdfunding? Como funciona? Onde conseguir?

 
 

“Crowdfunding é uma das opções disponíveis para proprietários de pequenas empresas, principalmente startups, para encontrar financiamento de capital mais fácil do que nunca”

 
 

O crowdfunding é excelente opção para conseguir dinheiro para seu negócio.

E, embora o crowdfunding não seja um financiamento comercial, capital de giro ou empréstimo para pequenas empresas, essa modalidade pode ser uma ótima solução para um negócio iniciante, uma startup ou para uma empresa estabelecida tentar lançar um produto ou validar uma nova ideia de serviços.

O que é Crowdfunding
Como usar o Crowdfunding online para financiar produtos, serviços e pequenas empresas?

O que é crowdfunding?

Crowdfunding é o processo de organizar um grupo de pessoas para contribuir com quantidades relativamente pequenas de capital individualmente para um objetivo maior, como lançar um novo negócio, um serviço ou lançar um novo produto no mercado.

As transações ocorrem na Internet em plataformas de financiamento online. Cada plataforma tem seus próprios requisitos e restrições, portanto, convém ler as letras miúdas antes de lançar uma campanha de crowdfunding para iniciar o financiamento coletivo.

 Cartase  Plataforma de financiamento coletivo
 Kickante   Maior plataformas de crowdfunding
 Beifeitoria  Crowdfunding para financiar projetos
 Idea.me  Crowdfunding para mercado latino-americano
 Patreon  Financiamento coletivo para artistas e criadores
 Juntos.com.vc  Crowdfunding para projetos sociais
 EqSeed  Plataforma de “Equity Crowdfunding”
 Broota  Plataforma de “Investimento Coletivo”
 Start Me Up  Plataforma de “Equity Crowdfunding”
 Bicharia   Crowdfunding para causas dos animais
 Queremos  Crowdfunding para músicos e produtores
 Socialbeers  Financia cervejas artesanais
 Bookstart  Lançamentos de livros e literatura

Como funciona o crowdfunding financiamento coletivo:

1. O financiamento coletivo ocorre online em uma plataforma, portal ou website:  Como proprietário de uma empresa, você visita um dos muitos sites de crowdfunding, como a Cartase ou a Kickante , envia sua ideia e participa da “multidão”.

Se a multidão gostar da sua ideia e você for bem sucedido em motivá-los, todos eles contribuirão com uma pequena quantia de dinheiro para alcançar seu objetivo principal. Isso é chamado de “criação de campanha”.

2. Existem dois tipos de financiamento coletivo: São baseados em oferta ou em prêmios.

Crowdfunding: Nesse caso envolve a oferta de algum tipo de presente, reconhecimento, prêmio ou acesso antecipado a um novo produto em troca de uma doação para sua campanha.

Crowdfunding de investimento: É um tipo de investimento para uma pequena em troca de um porcentagem do capital. O crowdfunding de investimento é um modelo de financiamento mais novo mas que tem se saída muito bem, apesar de parecer com “investimento de anjos” ou o “empréstimo peer-to-peer”.

O tipo de campanha de financiamento coletivo que você escolher dependerá da natureza da sua ideia, se você deseja ou não oferecer aos investidores pequenas porcentagens do seu patrimônio e quantidade de capital que você vai receber – vai em frente!

3. Crowdfunding não é mágica: Os princípios básicos por trás do financiamento de dinheiro com crowdfunding são bastante simples e diretos, mas uma campanha de crowdfunding bem sucedida não é tão simples quanto postar sua ideia online e assistir milhares de pessoas começarem a contribuir desesperadamente.

Você precisará criar um argumento muito persuasivo, apresentá-lo de uma maneira convincente e, provavelmente, precisar pré-semear sua campanha de não investimento com promessas de amigos, familiares e outros em sua rede pessoal para dar o pontapé inicial.

4. Pode funcionar tanto para startups quanto para empresas estabelecidas:  embora o crowdfunding possa ser uma boa maneira de uma startup encontrar capital, as empresas estabelecidas também podem recorrer à multidão para financiar um novo produto ou validar uma nova ideia.

O financiamento coletivo permite que você coloque sua ideia na frente de clientes em potencial que, de outra forma, poderiam não estar cientes de sua empresa – seu nível de resposta pode ajudá-lo a avaliar se o novo produto funcionará bem ou não no mercado.

5. Estar disponível para empresários jovens e mais velhos: Embora a tecnologia seja relativamente nova e tenha sido adotada por muitos empreendedores jovens, é tudo uma questão de energizar as pessoas em torno de uma boa ideia. Além disso, há muitas empresas e empreendedores experientes que estão encontrando grande sucesso nessa modalidade.

6. Financiamento coletivo não é somente para quem não se qualifica para empréstimos tradicionais para pequenas empresas: Claro que essa modalidade de financiamento é uma boa opção para donos de empresas que talvez não tenham restrições de crédito e histórico insuficiente para se qualificarem para um empréstimo comercial, mas essa não é a única razão pela qual muitos empreendedores estão escolhendo financiamento colaborativo.

A capacidade de apresentar sua ideia a milhares de pessoas que talvez não soubessem da sua marca ou de sua excelente ideia de negócio pode, às vezes, fornecer clientes “instantâneos” assim que você for a campanha de crowdfunding no ar.

Uma campanha para financiamento coletivo bem sucedida também pode atrair a atenção de futuros Investidores de Capital de Risco e Investidores Anjos.

Mais assuntos do seu interesse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *