Skip to content

Como usar o Internet Explorer para Mac ou iMac

 
 

Se você mudou recentemente do PC para o Mac ou iMac, provavelmente percebeu que, em vez do Internet Explorer ou Edge, que você está acostumado a usar, o Mac tem seu próprio navegador chamado Safari.” 

 
 

— De fato, se você pesquisar “baixar o Internet Explorer para Mac“, rapidamente perceberá que o equivalente exato do IE no Mac não existe. O que fazer, então?

Como usar o Internet Explorer para Mac ou iMac

Curiosamente, no início da Internet no final dos anos 90, o Internet Explorer era o navegador padrão em todos os Macs. Mas quando a Apple introduziu o Safari como o novo navegador padrão em 2003, a Microsoft decidiu interromper o desenvolvimento do IE para Mac logo depois.

Mais: Como entrar no Hotmail login com email gratuito

Portanto, a menos que você execute o Mac OS X 10.6 ou anterior (por que você faria?), não há como instalar diretamente o Internet Explorer no Mac.

E você definitivamente não deve usar as versões do Internet Explorer da Microsoft anteriores a 2003 no momento.


Simular o Internet Explorer no Mac com o Safari

Na maioria das vezes, se você precisar usar o Internet Explorer no Mac, é provavelmente para fins de teste, para ver o desempenho de certos sites ou aplicativos da Web ou para acessar sites que exigem o uso do IE (sim, eles ainda existem).

Ambos os casos de uso podem ser facilmente executados pelo Safari. Para usar o Internet Explorer com o Safari, você só precisa ativar as ferramentas de desenvolvedor:

Vamos então ao passo a passo:

1. No Safari, vá para > Preferências, clique em > Avançado

Para usar o Internet Explorer com o Safari

2. Clique e no próximo passo marque “Mostrar menu Desenvolver na barra de menus

como usar o Internet Explorer com o Safari

3. Ao clicar ele vai ficar marcado em azul, finaliza. Pronto!

Agora você pode acessar as ferramentas de desenvolvedor diretamente do Safari, que permitem inspecionar sites, caches vazios e, o mais importante, simular uma variedade de outros navegadores diretamente no aplicativo Safari.

Para usar o Microsoft Edge ou o Internet Explorer no Mac:

  1. Vá para o menu Revelação na barra de menus do Safari
  2. Cliquem em > Desenvolvedor
  3. Navegue até o menu > User Agent (Agente do Usuário) e selecione o navegador que você está procurando, seja o Microsoft Edge, qualquer uma das versões do Internet Explorer, Google Chrome, Firefox etc.
  4. O site em que você está será atualizado automaticamente para refletir o navegador de sua escolha. Só não se esqueça de voltar!
  5. Confira na imagem abaixo:

Para usar o Microsoft Edge ou o Internet Explorer no Mac

A opção User Agent no Safari deve cobrir quase todos os motivos para usar o Internet Explorer no Mac.

No entanto, se você precisar iniciar o próprio Internet Explorer por um motivo ou outro, também poderá tentar fazê-lo com a ajuda de uma máquina virtual.


Inicie o Internet Explorer em uma máquina virtual no Mac

Embora o uso de uma máquina virtual para o Internet Explorer não seja de forma alguma uma solução fácil, ela está disponível para quem precisa.

O que a máquina virtual basicamente faz é instalar uma cópia em larga escala do Windows no seu Mac e permitir que você a inicie como um aplicativo dentro do macOS.

A partir daí, você pode iniciar o Internet Explorer ou, de fato, qualquer programa que você deseja saber como funciona ou funcionava nos dias de Windows.

Para configurar a máquina virtual, primeiro você precisa baixar um cópia free ou comprar uma de algum software de máquina virtual como o VMware Fusion que é uma licença para o Windows.

Depois de instalá-los:

  1. Faça o download da VMware fusion e do arquivo ISO do Windows
  2. Inicie o VMware fusion
  3. Na janela Método de instalação, escolha “Criar uma nova máquina virtual personalizada
  4. Arraste e solte seu arquivo ISO do Windows na janela de diálogo
  5. Clique em “Concluir
  6. Reinicie a máquina virtual e clique no botão play para configurar o Windows

Agora, toda vez que você precisar usar o Internet Explorer no Mac, basta iniciar a máquina virtual e usar o IE diretamente com o Windows dessa maneira.

Certamente, existem algumas desvantagens nessa solução. Primeiro, você precisa comprar o VMware Fusion e uma cópia licenciada do Windows com o único objetivo de usar o Internet Explorer.

Nota: Existe um solução de graça mas vamos falar como fazer a configuração em um outro artigo.

Mais um detalhe, as máquinas virtuais tendem a ser bastante pesadas no seu processador, pois estão executando todo o sistema operacional dentro delas.

Outra opção disponível, caso você não precise especificamente usar o IE para Mac, mas se afaste do Safari, é mudar para qualquer outro navegador de terceiros, todos disponíveis gratuitamente no macOS.

Alguns desses navegadores são extremamente rápidos e fáceis de usar.


Usar navegadores de terceiros no Mac e iMac

Se o Safari não é o seu primeiro navegador de escolha e o uso do Internet Explorer para Mac é pelo menos bastante complicado, você pode fazer o download de qualquer outro navegador estável e amplamente usado por aí e torná-lo o padrão no seu macOS.

1. Google Chrome

De longe o navegador mais dominante da atualidade, o Google Chrome atualmente comanda de 45 a 65% do mercado.

Desenvolvido pelo Google, o navegador está disponível em dispositivos móveis e de desktop e, portanto, possui uma quantidade significativa de plugins e aplicativos da Web exclusivos para ele.

Mais: Como entrar no Gmail login com email gratuito

O Chrome também foi elogiado por sua velocidade e forte integração com todos os outros produtos do Google.

Quanto às desvantagens, usar o Chrome significa estar sujeito ao rastreamento penetrante do Google e ajudar o Google a monopolizar efetivamente a Web.

2. Fire Fox

O Firefox é outro ótimo navegador para uso diário. Herdeiro do primeiro navegador comercial chamado Netscape, é um programa de código aberto de propriedade da Mozilla Foundation, sem fins lucrativos.

O Firefox é rápido, seguro e possui uma comunidade de suporte em todo o mundo. Tudo isso faz com que seja uma ótima alternativa para o Safari e o Internet Explorer.

3. Bravo

O Brave é um recém-chegado à arena de navegadores que aparece pela primeira vez apenas em 2015. Com base no projeto de código aberto Chromium (como o Google Chrome), o navegador rapidamente conquistou seguidores leais devido a seus agressivos controles de privacidade e bloqueio de anúncios.

Transformar o Brave em seu navegador padrão pode parecer um pouco experimental neste momento, mas, no entanto, apresenta uma boa opção para qualquer pessoa preocupada com a privacidade.

O Microsoft Edge

Embora não esteja disponível no macOS no início de 2019, a Microsoft anunciou que está reescrevendo o mecanismo do navegador Edge para rodar no Chromium (como Google Chrome e Brave), o que significa que também será compatível com o macOS no lançamento.

Fique então com seus dedos cruzados, mas, enquanto isso, você pode escolher um dos navegadores alternativos listados acima.

No geral, essas são suas três opções de execução do Internet Explorer no Mac.

Você pode usar o User Agent do Safari para visualizar qualquer página da Web como faria o Internet Explorer, iniciar o navegador Internet Explorer real através de uma máquina virtual executando o Windows ou escolher um dos navegadores alternativos se tudo o que você deseja fazer é fugir do Safari no Mac.

No entanto, se você é novo no Mac, um navegador pode não ser a única coisa com que se preocupa.

Você também precisa encontrar aplicativos para cobrir todos os tipos de problemas relacionados à otimização, organização, segurança e produtividade.

Mais assuntos do seu interesse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *