Skip to content

Leasing e financiamento CDC? Quais as diferenças?

março 22, 2019

“O Leasing e Financiamento CDC possuem diferenças entre eles que causam dúvidas no consumidor que deseja comprar um automóvel ou um bem de consumo. Afinal, o que vale a pena? Qual atende as reais necessidades dos consumidores?”

 
 

Questões como essas são comuns para quem não entende muito sobre essas duas modalidades de crédito para obtenção de compra de bens, especialmente veículos e automóveis. Entendendo o que é Leasing e as diferenças em relação ao Financiamento CDC.

Leasing e financiamento CDC faça sua escolha!

Antes de falar sobre Leasing e as diferenças relacionadas ao Financiamento CDC, vamos definir o que são cada operação e, posteriormente, colocaremos alguns pontos de distinção entre os dois serviços de crédito para quem quer adquirir bens ou veículos.

Leasing e financiamento CDC? Quais as diferenças?

O que é leasing ?

O leasing não é uma opção tão conhecida para quem está buscando carro, mas ele acontece e é um serviço disponível para quem busca um financiamento diferente do CDC.

O leasing é o nome dado ao contrato estabelecido por duas partes. Uma delas é aquele que cede um bem, neste caso o carro, por um tempo determinado e valor estabelecido. Passado esse período, a outra parte, o cliente, pode comprar este bem ou desistir e indicar um terceiro.

 
 

A semelhança com o CDC está justamente na alienação do bem, que neste caso permanece em nome da empresa.

A vantagem desse sistema está justamente em não ter o IOF (Imposto sobre Operação Financeira), o que torna a taxa de juros menores e parcelas mais em conta. Esse ponto no leasing e as diferenças em relação ao financiamento CDC acabam chamando um pouco mais de atenção.

Por outro lado, o leasing não permite desconto para quem quer adiantar parcelas e não dá para quitar as mesmas antes do 24° mês.

O que é Financiamento CDC?

O CDC é o chamado Crédito Direto ao Consumidor. Esse modelo de financiamento é mais caro justamente por conta do IOF e o efeito dominó nas taxas de juros e nas parcelas.

Para quem quiser depois trocar, o financiamento pode ser transferido para terceiro mediante de comprovação de renda. Além disso, mais de 30% da renda não pode ser comprometido com as parcelas.

Aqui, vale lembrar que existe a possibilidade de parcelar em 12x, 24x, 36x e 48x. Quanto maior for a quantidade de parcela, maiores são os juros também. O valor de entrada na negociação também influencia as taxas a serem pagas.

O que muita gente não sabe antes de contratar o CDC é que o banco assume o risco do cliente caso não cumprir com o financiamento.

O que considerar antes de escolher entre CDC ou leasing?

 
 

O CDC é o tipo de financiamento que permite o cliente a trocar de veículo, repassar a dívida ou mesmo quitar o bem antes do 24º mês. É por essas razões que o brasileiro deve optar pelo crédito CDC, assim tem mais liberdade para negociar.

Leasing no Brasil

O Itaú foi um dos bancos pioneiros a começar a trabalhar com o sistema leasing. Porém, o banco optou por aumentar os juros e se aproximou das taxas do CDC, fazendo assim com que a modalidade não caísse no gosto dos brasileiros.

Planejamento financeiro para comprar bens e automóveis

Independentemente da modalidade que você escolher para financiar o automóvel, o planejamento é fundamental. Assumir um contrato de financiamento é uma decisão importante e o equilíbrio financeiro é fundamental para evitar dores de cabeça a nível de futuro.

De acordo com especialistas, antes de entrar no financiamento de carro é preciso analisar as razões da compra, a escolha do modelo e ano do veículo e a forma de pagamento. Esses detalhes influenciam também nos juros, por exemplo.

Hoje, há mais incentivo para a compra do carro novo do que o usado. Isso acontece justamente pelo baixo risco do automóvel a apresentar problemas em sua estrutura. Eles entendem que a necessidade de reparo pode causar transtorno financeiro e até prejudicar o pagamento do financiamento acordado.

Leia sobre bancos que oferecem leasing e financiamento:
Aymoré financiamentos do Santander
Banco Bradesco Financiamentos
Banco Volkswagen financiamentos
Lecca financiamentos e crédito pessoal

Requisitos para conseguir financiamento

 
 

Além do planejamento financeiro, outro ponto importante é a documentação para dar entrada na análise do financiamento. O consumidor precisa ter o nome limpo, não constar na lista do SPC ou Serasa. É preciso também apresentar alguns dados pessoais, como:

  • RG
  • CPF
  • Comprovante de Renda
  • Comprovante de Residência

A análise de crédito só é feita mediante a preenchimento dessa ficha do perfil do consumidor. O banco recebe os dados e inicia a análise, que pode demorar cerca de 3 horas úteis para aprovar ou não. A reanálise pode demorar até 12 horas para ser concluída.