Skip to content

O que é o Private Banking? Privilégios para milionários

 
 

“Depois de ganhar dinheiro suficiente, os bancos abrem seus serviços privados (Banking Private) para você proteger sua riqueza. Mas, quais são esses serviços e será que eles valem seu tempo e dinheiro?”

 
 

Uma vez que você atingiu um certo nível de riqueza com suas finanças, surgem questões reais sobre “Como eu seguro isso?”, “Como faço isso multiplicar”,”Como vou proteger meu dinheiro”.

O que é o Private Banking

Para as muitas pessoas que encontraram riqueza fora do mundo das finanças e investimentos, descobrir as ações inteligentes e ser responsáveis com o dinheiro ganho com trabalho e suor pode representar um desafio intimidador.

Uma opção simples para resolver esse problema é o banco privado ou Private Banking criado somente para os milionários.


O que é o Private Banking ou Banco Privado?

Os serviços bancários privados são os serviços financeiros mais exclusivos que um banco pode fornecer a qualquer cliente que a instituição considere um indivíduo com patrimônio líquido equivalente ao padrão estabelecido como Private alto ou (HNWI, High-Net-Worth Individual).

Cada banco define sua própria barra para o que constitui com um HNWI, mas, em geral, equivale à aqueles clientes com pelo menos R$ 3 milhões em ativos financeiros líquidos. Mas, nem todos os bancos usam esse limite inicial, bancos com o Santander, para entrar no Club Private tem que ter no mínimo R$ 5 milhões.

Um bom número de instituições financeiras permite serviços bancários privados para aqueles com apenas seis dígitos em ativos investíveis, mas o alcance dos benefícios são menores. Quanto mais dinheiro no banco, mais glamour.

Clientes multimilionários com alguns milhões em aplicações possuem muitos privilégios além dos melhores cartões de crédito sem limite e sem anuidade, conseguem convite para eventos exclusivos, acesso a consultoria especializada para investimentos, atendimento VIP e dezenas de lugares, entre outros mimos.

Contudo, alguns bancos consideram clientes com um saldo médio de R$ 250.000 ou mais para acessar alguns dos seus serviços bancários privados, mas são chamados de clientes Premium.

Outra parte dos bancos até permitem que um número limitado de serviços exclusivos e privados cheguem a clientes com mais de R$ 50.000 em ativos, mas esses últimos são apenas clientes exclusivos. Já ouviu falar nos clientes Itaú Personnalité, BB Estilo, Bradesco Prime, Santander Van Gogh, entre outros?

Normalmente, esses serviços do Private Banking vêm de um banker, ou “Analista privado” ou “gerente de relacionamento dedicado” que o banco atribui a cada HNWI em questão. Este gerente (banker – consultor privado) fará um exame abrangente da situação financeira total de um cliente e, então, adaptará uma série de serviços às suas necessidades financeiras específicas.

Estes serviços privados podem incluir:

Planejamento de investimento: Os bankers que são consultores especialistas do Private Banking elaboram opções de investimentos e portfólios fechados e exclusivos para serem considerados.

Assessoria fiscal: Os consultores privados analisarão a melhor maneira de gerenciar as finanças do Cliente Private de acordo com a legislação tributária atual, bem como as alterações em potencial dos imposto em futuras leis em trâmite.

Gerenciamento de fluxo de caixa: Os gerentes privados (bankers) também ajudam o Cliente Private, entender e planejar seu fluxo de caixa diário. Eles também podem aconselhá-lo como lidar melhor com contas, despesas e receitas.

Soluções de gerenciamento de risco: Além dos serviços acima, ele oferecem soluções financeiras projetadas para protegê-lo de danos causados ​​por riscos de liquidez, flutuações nas taxas de juros, taxas de câmbio e mercado de ações etc..

Planejamento imobiliário: Para Clientes Private investidores em imóveis, os gerentes dão conselhos sobre como garantir que sua riqueza passe para as gerações futuras.

Estratégias de crédito personalizadas: Os gerentes exclusivos do Private Banking podem também recomendar táticas criativas, e alternativas como tipos e modalidades de financiamento, crédito e “empréstimos estratégicos”, para otimizar fluxos de caixa e diminuir despesas com impostos.

Além desses inúmeros serviços especiais, o Private Banking também abre uma série de benefícios para o cliente bancário escolhido. Você pode se qualificar para tarifas preferenciais, redução de taxas de juros mais altas ou isenção de taxas de cheque especial.

O Cliente Private tem acesso direto a taxas de juros primárias em hipotecas, empréstimos imobiliários, Home Equity, Conta garantida, e produtos especializados ou linhas de crédito diferenciadas.

Para clientes que lidam significativamente com operações no exterior, as taxas de câmbio negociadas podem ser melhores do que as disponibilizadas ao meros mortais. Além disso, uma série de ofertas financeiras exclusivas podem se abrir para quem é Cliente Private Banking.

Estes podem incluir fundos de Investimento Hedge, parcerias de Private Equity ou Investimentos Alternativos .


Quais são as vantagens do Private Banking?

Privacidade: Um cliente do Private Banking é considerado como tal, um cliente privado, ou seja, os clientes de um banco privado, as suas avaliações financeiras e serviços oferecidos a eles normalmente permanecerão completamente anônimos.

Se as avaliações e pareceres financeiros de um banco private se tornassem públicos, seus concorrentes teriam a chance de atrair esses clientes com seu próprio conjunto de soluções financeiras e de investimentos, além de maiores vantagens.

Com isso em mente, as instituições fazem uma aposta segura de que as transações entre você e seu banco privado permanecerão em segredo entre as partes.

Acesso diferenciado: Além dos serviços oferecidos pelos bancos private, todas as ofertas especiais e exclusividade acima mencionadas ficam disponíveis quando você se tornar parte do programa.

Essas taxas de juros especializadas ou oportunidades de investimento podem ser um grande benefício quando você está em um relacionamento de longo prazo com a mesma instituição financeira.


Quais são os contras do Private Banking?

Instabilidade: Os Clientes Private tendem a ver uma alta taxa de rotatividade no gerentes e consultores. Isso pode significar que o “consultor ou gerente exclusivo” com quem você trabalha mudará algumas vezes no ano, forçando você a repetir o processo de construção de um relacionamento e entendimento nesse “serviço personalizado”.

Conflitos de Interesse: Ao contrário de um gestor de dinheiro independente ou consultor financeiro de investimentos profissional, os gerente de Private Banking são pagos pela instituição financeira que os emprega, e não diretamente pelo cliente.

Isso pode criar circunstâncias em que eles precisam escolher entre colocar os interesses do cliente em primeiro lugar ou do seu empregador – o banco – nos conselhos que eles dão a você.

Acesso e Serviços Limitados: Embora o banco privado ofereça acesso a transações de investimento exclusivas e privilegiadas, elas geralmente serão limitadas aos produtos proprietários dos bancos. Além disso, os serviços que os gerentes privados fornecem, sejam eles investimentos, redução de impostos ou assessoria jurídica, certamente serão competentes e profissionais, mas tendenciosos.

banco privado

Vale mencionar que por ser um banco, as ofertas serão mais padronizados e, com isso, talvez menos criativas do que você poderia encontrar em serviços externos com consultorias de investimentos mais arrojadas. Com a pressão crescente por transparência e prestação de contas, os bancos também podem oferecer a você um serviço mais limitado, porém mais seguro e menor risco do que outros instituições.


Private Banking vs. Wealth Management

A gestão de patrimônio refere-se a um leque mais amplo de serviços do que o Private Banking (banco privado), são todos voltados para a otimização do portfólio de um cliente privado. Ao contrário do Private Banking, este serviço está teoricamente disponível para qualquer pessoa, não apenas para os clientes de alto investimento.

Como o nome sugere, são os ricos que procuram e podem pagar por esses serviços.

Serviços de gestão de riqueza são os principais meios que os indivíduos usam quando procuram investir em uma variedade de fundos e ações. Eles vêm em todos os tamanhos, desde grandes corporações, até consultores financeiros independentes, licenciados e gerentes de portfólio.

Uma diferença fundamental entre esses dois serviços se resume a investir ativos. Os serviços de gestão de patrimônio (Wealth Management), investem diretamente os ativos de seus clientes. Mas, o Private Banking, embora possam oferecer conselhos de investimento aos seus clientes especiais, raramente concedem licença para investir ou reinvestir esses ativos do cliente.

Na defesa do Private Banking, no entanto, a gestão de patrimônio não pode oferecer nenhum dos serviços bancários, como taxas de juros mais baixas ou taxas de câmbio ideais que os bancos privados podem oferecer livremente.

Assim, enquanto a gestão de patrimônio refere-se a uma gama mais ampla e mais diretamente envolvida de serviços financeiros, o Private Banking pode ocasionalmente abranger a maioria deles e, além disso, oferecem a vantagem de ter um relacionamento especial, ajuda na gestão e emprestam seus consultores financeiros.


Exemplos de Private Banking

No Brasil a maioria das grandes instituições possuem serviços privados para clientes alta renda, entre eles: o Itaú Private Bank, Bradesco Private Bank, Santander Private Banking, BB Private, BTG Pactual Private, Safra Private, Credit Suisse Private e muitos outros.

Por padrão, a maioria dos bancos requer no mínimo R$ 1 milhão em ativos para liberar o acesso aos seus serviços de Private Banking, mas na prática esse valor é bem maior. Como exemplo, o Santander, mencionado anteriormente, exigem apenas R$ 5.000.000, tem que ter muito zeros na conta para ter acesso a alguns de seus serviços como clientes private.

Para quem tem muito dinheiro certamente consegue esses tipos de serviços e produtos bancários que enchem o ego da maioria dos milionários pode parecer satisfatório, no entanto, é preciso cautela, atenção e conhecimento quando se trata de investir seu dinheiro, quanto aos benefícios, todos são bem vindos.

Artigo Atualizado
Esse artigo foi "Revisado" e "Atualizado" ([lmt-post-modified-info]) para inclusão de novas informações e pequenos ajustes no texto. Essas atualizações são publicadas como nova versão do artigo e geralmente seguindo o feedback dos usuários esporádicos ou leitores assíduos.

Mais assuntos do seu interesse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *